12
Mai 10

Tentei mas não consegui!

[Porque naquele momentos sentia-me sozinha apesar de estar rodeada de pessoas.

Antes sentia-me triste, durante sentia uma pequena esperança, depois sentia o meu coração despedaçado!

 Foste criança quendo o fizeste!

 A prima que tenha razão pois se sentires a minha falta,

 espero que não seja tarde de mais!

 

Quando ouvi a tua voz apenas percebi algumas de muitas palavras que disseste

"Não quero mais falar com ela",

já nem sei qual era o meu objectivo. Não vou insistir mais!

Quero que sejas felz com outra.

MAS eu também quero ser. Tenho de fazer por onde.

 Sinto-me cansada de tudo e de todos! Já fiz tudo o que podia fazer!

 Tentei mas não consegui !

Amo-te como se o resto do mundo não existisse!!! «3]

 

Isto foi escrito no dia 26 de Abril, talvez tenha pensado que se escrevesse tudo isto num papel,

no dia seguinte estaria tudo resolvido, mas NÃO,

 não aconteceu nada, nao me custava esperar mais uma semana,

talvez seria o tempo de reagir!..

Reparei que o tempo estava a acabar e que cada vez mais estavamos separados, e sim, agora sei

 

QUE VAI SER TARDE DE MAIS,

Porque agora quem não o quer sou eu !

publicado por Giih às 23:22 | comentar | ver comentários (1) | favorito
sinto-me:
música: I miss you love
10
Mai 10

Cansada!

 

Por ver-me e sentir-me cansada de sentir a angustia da dor de viver,

toquei com as minhas próprias mãos no fundo do abismo!!!
Não via mais nada, só sentia a morte,

 mesmo estando viva e sóbria...


Passei o meu tempo todo a acreditar na esperança,

que o futuro me reservasse uma segunda chance!!!
Para nao sentir um limite,

sem barreiras,

sem mentiras por trás de nós!!!


É dificil chegar ao fim do dia e,

 saber que vivi mais um dia às escuras

com um peso nas costas de tudo aquilo que sinto!!!
E não encontrar um conforto!!!
Queria ficar vazia!!!
Sentir-me leve,

 para que o próprio vento me levasse para um destino incerto.
Levar-me para longe daqui,

 deste mundo escuro e frio e,

 repleto de desilusões,

sentir-me renascida das mortes que eu própria desejei.


Fugir das ruínas deste mundo,

onde sempre desejei fugir e tentar encontrar algo único.


Talvez hoje já tenha encontrado algum conforto,

em escrever este pequeno texto.
Estou cansada de andar ás curvas,

 saber que cada curva tem ladrões e rochas por ultrapassar.
Sentir-me nas nuvens,

 a olhar para baixo,

sentir uma grande alegria por estar longe de tudo aquilo

que quase me destruiu.
Nunca mais voltar ajoelhar-me perante a tristeza!

 

 

 

...

As lindas fotos... Doces lembranças que guardei
Não mais existem, pois da memória já apaguei.
Então, adeus! Não me procures, não me atormentes.

Se não me amas, se não me queres
Não vou mais me desfazer em preces

Sejas feliz, nos braços de outra qualquer!
Pois já não sonho mais em ser tua mulher.
(Sandra Lamego)

 

Cresci e amadureci, faz o mesmo!...

 

 

publicado por Giih às 19:57 | comentar | ver comentários (1) | favorito